segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Entrevista com Almeida Júnior - Autor de: As noites sombrias da alma

José Benedito de Almeida Júnior
É filósofo, professor de filosofia e escritor.

As noites sombrias da alma é o resultado de imagens que voluntariamente se apresentaram em noites seguidas. Trata-se das descrições de imagens que pulsaram de modo avassalador, invadindo o estreito espaço da consciência de modo tão intenso que se fez necessário escrever aquilo que surgia. Foram muitos anos entre o fluxo das imagens e este livro, que é, do mesmo modo, ato inevitável de tudo o que emergiu. Assim, os três processos se sucedem. No primeiro, ocorre uma purificação de tudo o que se acumulou na consciência: suas mágoas, seus rancores, suas decepções. Depois, uma nova percepção da existência parece iluminar o mundo, fazendo-nos vê-lo sob uma outra perspectiva. Até que, por fim, nos unimos novamente ao mundo comum, o mesmo, porém, completamente outro.

ENTREVISTA

Olá Almeida. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro?
Trata-se de uma obra poética que registra um momento de imersão nas profundezas do inconsciente ou, noutra perspectiva, da emersão dos conteúdos do inconsciente sobre a consciência.

Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Surgiu a partir da percepção de que deveria registrar os poemas que assomavam à alma. O público ao qual se destina são aqueles que, de uma maneira ou de outra, enfrentaram os mistérios da existência. 

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Tenho outros livros da área de Filosofia. Este não é o meu único livro de literatura, mas é o primeiro a ser publicado. 

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Acho que estamos em meio a uma onda de ignorância que tomou conta de parte da sociedade brasileira. Assim, cada livro é uma forma de lutar por uma sociedade democrática e orientada pelos valores das ciências e das artes, hoje perseguidos por um governo com aspirações ditatoriais.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Site.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Prefiro deixar a escolha de ler ou não o livro aos impulsos e intuições das leitoras ou leitores. É como um portal, passar por ele será uma decisão de cada um.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário