domingo, 31 de janeiro de 2021

Entrevista com Adrielle Eduanny Fernandes - Autora de: DO COTIDIANO NASCERAM ALDRAVIAS

Adrielle Eduanny Bento Fernandes Inácio
Natural da cidade de Ipatinga – MG. Começou sua trajetória no mundo da literatura aos sete anos de idade e desde então tem dado segmento a esta caminhada que promete ser bem longa... Sua estreia oficial na literatura foi no ano de 2014, quando ganhou seu primeiro prêmio literário em SP, categoria mensagem (texto publicado em antologia de tema “Música”).
No mesmo ano foi premiada em um Festival Poético no PR, categoria poesia (texto publicado em coletânea).
Em 2016, teve sua poesia selecionada e publicada em uma antologia de tema “Brasil – Gigante Pela Própria Natureza” – SP.
2018, prêmio categoria redação (texto publicado em antologia de tema “Futuro – Visão Para Um Mundo Melhor”). No mesmo ano foi premiada novamente no Festival Poético na categoria poesia (texto publicado em coletânea).
Em 2019, tornou-se membro efetivo da Academia Brasileira dos Autores Aldravianistas Infantojuvenil (ABRAAI).
No mesmo ano foi premiada na categoria aldravia, com seu livro inédito “Do Cotidiano Nasceram Aldravias” em 2º lugar pelo concurso organizado pela União Brasileira dos Escritores (UBE) – RJ.

É um livro premiado no CONCURSO INTERNACIONAL DE LITERATURA – 2019 – UBE-RJ. Como o próprio título diz, ele nos traz aldravias elaboradas a partir de observações de cenas corriqueiras colhidas na simplicidade dos dias mostrando que a poesia pode estar em toda parte. O olhar aguçado da autora percorreu caminhos e viu poesia nas trilhas, no abrir e fechar de portas, nas roupas coloridas estendidas no varal, nos voos e melodias de liberdade, nos becos sem saídas, nos aromas e sabores, nas gotas de orvalho, nas brisas e... muito mais! A fluidez da leitura se dá de forma deliciosa e provoca um prazeroso debate devido às várias formas de leitura e interpretação. 
Goretti de Freitas - Coordenadora Geral da ABRAAI-Ipatinga

Olá Adrielle. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro?
Do Cotidiano Nasceram Aldravias, é um livro da modalidade aldravia, que é uma nova forma de poesia com apenas seis palavras-verso.

Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Elaborei essas aldravias baseada nas ações do dia a dia, a ideia é mostrar que até mesmo na simplicidade do cotidiano a poesia se faz presente. A minha obra se destina à todas as idades, sem restrição de faixa etária.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Esse é o meu primeiro livro de aldravias, mas já tenho outro livro publicado sendo de poesias.
Tenho também, poesias e redações de minha autoria publicadas em antologias e coletâneas.
Faço parte de um grupo de escritores da minha região e também sou membro efetivo de uma ABRAAI - Academia Brasileira dos Autores Aldravianistas Infanto Juvenil.
Pretendo escrever muitas obras, inclusive de contos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É difícil! Às vezes fico um pouco desanimada com a escrita, pois penso que poucas pessoas irão ler.
Acho que os profissionais da educação, deveriam incentivar mais os alunos a criarem o hábito de ler, através de dinâmicas que despertem o interesse pela leitura.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através do anúncio de um concurso literário da Livraria Asabeça, onde a Scortecci Editora estava em parceria.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
O meu livro merece ser lido, pois ele resgata a valorização da simplicidade do dia a dia, mostrando que devemos valorizar cada momento de nossas vidas.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário